Gol retoma sete cidades e aumenta oferta em 36% em junho


| CM News | Com informações de Panrotas
Em

Gol retoma sete cidades e aumenta oferta em 36% em junho
Imagem: Divulgação

A Gol Linhas Aéreas sente aumento da demanda em junho. A companhia contará com 300 decolagens diárias, alta de 36% ante maio, e espera, gradualmente, 400 até o fim do mês. Os cinco hubs da Gol reassumem a conectividade para todo o País, enquanto as bases regionais se comunicam com o aeroporto de Guarulhos. Mais de 54 mil assentos serão disponibilizados diariamente neste mês.

São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Fortaleza e Salvador compõem movimento ascendente da Gol, que a companhia classifica como “cauteloso”. Essas capitais retomam o papel de pilar de conectividade da aérea, respondendo por 62% de sua capacidade prevista para junho.

Entre as bases regionais que estavam suspensas, sete retomam a atividade neste mês, todas com voos a Guarulhos: Caldas Novas (GO), Campina Grande (PB), Caxias do Sul (RS), Londrina (PR), Montes Claros (MG), Sinop (MT) e Uberlândia (MG). Esta última também terá voos a Brasília.

Do Galeão ao Nordeste

Dentre os hubs, o RIOgaleão passa a contar com novos voos da Gol para sete capitais do Nordeste: Aracaju, Fortaleza, João Pessoa, Maceió, Natal, Recife e Salvador. O terminal carioca também ganha nova oferta de decolagens para o Sul e Sudeste, em destinos como Belo Horizonte, Curitiba, Foz do Iguaçu (PR), Florianópolis, Navegantes (SC) e Porto Alegre.

Hub de Fortaleza

Em seu principal centro de distribuição nordestino, a Gol amplia a quantidade de voos sem escala, principalmente para o aeroporto de Congonhas, além de nova oferta para Salvador, Recife, Manaus, São Luís e Rio de Janeiro.

Em Salvador

Já na capital baiana, até meados de junho, a Gol volta a oferecer voos diretos para sete capitais em quatro regiões do Brasil: Goiânia, João Pessoa, Natal, Palmas, Porto Alegre, São Luís e Teresina.

Haverá ainda, em Salvador, mais opções de decolagens para 15 destinos atendidos atualmente: Aracaju, Porto Seguro, Ilhéus (BA), Maceió, Vitória da Conquista (BA), Brasília, São Paulo (Congonhas e Guarulhos), Belo Horizonte, Fortaleza, Rio de Janeiro (Santos Dumont e RIOgaleão), Recife, Campinas (SP) e Vitória. A previsão é ampliar de 14 para 20, em junho, o número de decolagens diárias para essas cidades.

A aérea assegura que todos os protocolos exigidos à indústria de aviação em relação à pandemia são seguidos em seus voos.

 

Leia também: Turismo Rural em Sergipe é foco de evento para fortalecer potencial do segmento

Compartilhe :