Governador e presidente da FSF buscam patrocínio para o futebol sergipano


Foto: ASN

No início da noite desta quarta-feira, 10, o governador Jackson Barreto, ao lado do presidente da Federação Sergipana de Futebol, Milton Dantas, foi recebido em Brasília pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, para tratar de patrocínio do banco para o campeonato sergipano.

Segundo o governador, esse apoio é fundamental para que os dez times que participam da primeira divisão do campeonato sergipano, Sergipe, Confiança, Itabaiana, Amadense, Lagarto, Estanciano, Boca Júnior, Dorense e os dois que subirão da segunda divisão neste ano, possam ser incentivados. “Nunca houve uma iniciativa nesse sentido em nosso estado. Se conseguirmos esse apoio, será uma grande vitória para nossos times de futebol e para nossos torcedores. O futebol é uma paixão do nosso povo e precisamos buscar formas de apoiar nossos times”, disse o governador.

Gilberto Occhi disse que havia uma política na Caixa que admitia apenas apoiar times da série A e que foi ampliada para haver patrocínio para times da série B. “A Caixa vê esses patrocínios como investimentos em mídia. Quando cheguei à Caixa, pedi pra se fazer um estudo pra ampliar isso pra todos os estados, desde que haja possibilidade jurídica pra isso. A ideia de Sergipe em fazer via Federação casa com a nossa. Os campeões que sobem para os campeonatos principais do país também poderão ser contemplados com nosso patrocínio, desde que seja via Federação. Dessa forma, a gente ajuda todos os times e também aqueles que se sobressaírem nos seus campeonatos locais”, disse Ochhi.

Milton Dantas disse que a iniciativa do governador em levar esse pleito para a Caixa é histórica e demonstra a sua preocupação com o futebol sergipano. “Os times de Sergipe só têm a agradecer esse empenho do governador Jackson Barreto”, finalizou Dantas.

Agência Sergipe de Notícias

Anterior Em Sergipe, pagamento de royalties aumentou no mês de julho
Próximo Distribuidoras de energia serão privatizadas após revisão e reajuste de tarifas

Não há comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *