Joint venture de Ambev e Whirlpool produzirá cápsulas no Brasil


| CM News |
Em

Foto: Divulgação

A B.blend já comercializa uma máquina de bebidas de uso residencial no País

A fábrica da B.blend foi instalada dentro de uma unidade da Ambev em Sete Lagoas (MG), tem 1,6 mil m² e 15 funcionários. Com o início da produção no Brasil a companhia, que é uma Joint venture entre AmBev e Whirpool, deixa de importar cápsulas da Alemanha. A venda da linha nacional deve começar ao longo do semestre. No País, a B.blend já comercializa uma máquina de bebidas de uso residencial desde 2015.

Omar Zeyn, presidente da B.blend, informa que os recursos para a construção vieram da própria companhia, constituída com investimento de R$ 119 milhões. De acordo com Zeyn, a produção interna dará à empresa mais agilidade para desenvolver e lançar novos sabores de bebidas. Hoje disponibiliza no mercado 25 tipos de bebida. Entre as 10 categorias existentes estão café, sucos e néctares, chás e frapês. Na lista, estão marcas da Ambev como Guaraná Antartica e o energético Fusion. Mais dois sabores foram adicionados à lista: sucos 100% laranja e 100% uva. A fabricação no Brasil não reduzirá os preços das cápsulas, que continuam a variar entre R$ 1,99 e R$ 4,99. A distribuição será própria.

Mercado

O mercado de bebidas em cápsula cresceu muito desde 2010, na esteira do sucesso da Nespresso, da Nestlé. No Brasil, as vendas de máquinas de café passaram de 81,5 mil unidades em 2010 para 879 mil em 2015, segundo a Euromonitor. A receita passou de R$ 94,2 milhões para R$ 507,8 milhões no período. Em termos de cápsulas, os valores passaram de R$ 150 milhões para R$ 1,44 bilhão no mesmo período.

Supermercado Moderno

Compartilhe :