Mark Zuckerberg perdeu cerca de US$ 4 bilhões com temor do coronavírus


A última semana não foi muito boa para Mark Zuckerberg. O derretimento das bolsas de valores pelo mundo causada pelos temores com o coronavírus atingiram diretamente o seu patrimônio. Ao longo da semana passada, ele ficou US$ 4,1 bilhões mais “pobre” do que era na última segunda-feira.

Segundo a Forbes, que monitora a variação das fortunas dos grandes bilionários do planeta, Zuckerberg foi o ricaço mais afetado entre todos os monitorados. Como boa parte de sua fortuna é formada por ações do Facebook, variações muito bruscas no mercado tendem a afetar bastante o seu patrimônio.

Segundo a publicação, o motivo pelo qual as ações do Facebook foram tão impactadas pelo temor do coronavírus é a dependência de receitas publicitárias. Boa parte desse faturamento vem de setores altamente impactados pelo vírus, como o de turismo, varejo e entretenimento.

Apesar disso, parece pouco provável que Mark Zuckeberg sinta falta desse dinheiro, já que seu patrimônio ainda é estimado em US$ 66 bilhões, como estima a Forbes. O ranking da Bloomberg ainda o coloca como a quinta pessoa mais rica do planeta, atrás apenas de Jeff Bezos, Bill Gates, Bernard Arnault e Warren Buffet.

Quando observado o ano inteiro, Mark Zuckerberg tem ainda menos a comemorar no aspecto financeiro. O ranking da Bloomberg o coloca na terceira posição entre as pessoas que mais viram seu patrimônio desvalorizar em 2020, com perdas na casa de US$ 13,3 bilhões desde o início de janeiro. Novamente, só perde US$ 13,3 bilhões quem tem mais do que isso, então é pouco provável que ele passe fome ou perca o sono acompanhando essa oscilação.

 

 

Fonte: Agência Brasil

Anterior Descontentes com o governo, parlamentares suspendem análise de projetos do Orçamento Impositivo
Próximo Planos de saúde terão de cobrir exames para novo coronavírus

Não há comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *