Primeiras doses da Pfizer chegam em Sergipe

4.680 doses foram recebidas pela Secretaria de Saúde do Estado de Sergipe

Vacina da Pfizer chega em Sergipe
Doses devem começar a ser aplicadas amanhã, 04 de maio. - REUTERS/Dado Ruvic

Sergipe recebeu nesta segunda-feira (03) 4.680 doses da vacina contra Covid-19 da Pfizer/BioNTech. O Ministério da Saúde iniciou a distribuição e irá enviar um total de 499.590 vacinas para todo o Brasil. A orientação da pasta é de que elas sejam distribuídas preferencialmente nas capitais.

Essa orientação se deve ao fato de que as doses da Pfizer só devem ser armazenadas por, no máximo, 14 dias e devem estar em temperaturas entre -25°C e -15°C. Ao chegarem às salas de vacinação, as doses devem ser mantidas a uma temperatura que varia entre 2°C e 8°C, e precisam ser aplicadas na população em um período de até cinco dias. Portanto, existe o receio que haja alguma perda caso doses sejam enviadas para municípios que não consigam cumprir essas exigências de conservação.

Como os estados possuem autonomia na gestão das vacinas, “será avaliada a situação de diversos municípios em Sergipe antes que a decisão de usar todas as doses apenas em Aracaju seja feita”, informou Eduardo Andrade, assessor de comunicação da Secretaria de Saúde do Estado de Sergipe. Eduardo informou ainda que os grupos que receberão as doses da Pfizer ainda não foram definidos, mas garantiu que tudo está sendo feito com bastante celeridade para que as doses comecem a ser aplicadas já nesta terça-feira (04).

Apesar da vacina ser administrada em duas doses, a orientação do Ministério da Saúde para os estados é de que todas as unidades sejam utilizadas como primeira dose, com a promessa de que posteriormente o quantitativo para a segunda dose será enviado. De acordo com a bula do fabricante, a vacina da Pfizer/BioNTech deve ter a sua segunda dose aplicada com 21 dias, assim como acontece com a Coronavac.

O Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Saúde, confirmou também, nesta segunda-feira (03), a chegada de 66.500 doses de imunizantes da Astrazeneca (Fiocruz), totalizando 71.180 doses recebidas.