Xbox Series X e PlayStation 5 vão rodar ‘quase todos os games antigos’


A próxima geração de consoles de videogame acaba de ficar muito mais interessante. Segundo o CEO da Ubisoft, Yves Guillemot, tanto o Xbox Series X quanto o PlayStation 5 serão capazes de rodar “a maioria” dos jogos das gerações anteriores, o que irá promover o crescimento da indústria.

A declaração foi feita durante uma conferência para divulgação de resultados financeiros da empresa. “Estes consoles irão rodar quase todo o catálogo das gerações anteriores”, disse Guillemot quando perguntado sobre os benefícios dos novos aparelhos para os jogadores. “Será algo novo, e irá ajudar a “velha geração” a continuar a ser grande parte da indústria nos anos que estão por vir. Isso vai realmente crescer muito o mercado”.

O Xbox One é compatível com uma extensa lista de 602 jogos das gerações anteriores (Xbox 360 e o Xbox original), enquanto no PlayStation 4 há alguns jogos de PlayStation 2 à venda na PS Store e títulos de PS3 disponíveis para streaming no serviço PlayStation Now.

Powered by Rock Convert

Mas uma retrocompatibilidade “universal” é algo muito mais atraente, especialmente se for possível usar a mídia (discos) original dos jogos. Segundo a Wikipedia há 5.478 jogos para todas as três gerações do Xbox, e 12.207 jogos para as quatro gerações do PlayStation, o que daria aos novos consoles acesso a um catálogo inimaginável logo no dia do lançamento.

Phil Spencer, líder do Xbox na Microsoft, também mencionou recentemente a retrocompatibilidade do console durante uma entrevista ao podcast Gamertag Radio. O executivo já tem um Xbox Series X em casa, e afirma que o console roda “todos os jogos” do Xbox One.

“Hoje nem todos os jogos são totalmente compatíveis. Estamos trabalhando na nossa lista de jogos aprovados. Vocês podem ver o que estou jogando; há muitos jogos que funcionam”, disse ele.

Fonte: CNet

Anterior Olhar crítico à tecnologia determinará futuro das empresas
Próximo Disney finaliza reestruturação no Brasil e apresenta líderes

Não há comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *